LANÇAMENTO SALÃO DUAS RODAS: KAWASAKI KX250 TRAZ MOTOR MAIS POTENTE PARA A VERSÃO 2020

Kawasaki KX250 2020_Movimento 14_menor

São Paulo (SP), 18 de novembro de 2019 – A Kawasaki KX250 traz uma ampla lista de novidades e atualizações que tem o objetivo de manter o histórico vitorioso da marca nas competições, sendo inclusive a moto da categoria 250cc 4 Tempos que mais títulos conquistou no AMA (American Motorcyclist Association) Supercross e Motocross, dois dos mais tradicionais e competitivos campeonatos off-road do mundo.

 

Na versão 2020 o modelo apresenta um novo motor de 249 cm3 que ganhou 3,3 cv e maiores faixa de aproveitamento em altos regimes e limite de rotações. Conta com um chassi mais leve e equilibrado, novo garfo e freios mais fortes e é equipada, ainda, com controle de largada e seleção de mapas na ECU.

 

Esse pacote se traduz em tempos de volta mais rápidos, tornando-a a KX250 mais rápida já desenvolvida até hoje, e num conjunto capaz de permitir que pilotos amadores e profissionais obtenham máxima performance em qualquer situação.

 

A nova Kawasaki KX250 2020 estará à venda nas concessionárias da marca a partir do próximo mês de dezembro na cor Lime Green e com Preço Público Sugerido de R$ 40.990,00 (sem frete).

 

 

DESTAQUES DA NOVA KX250

 

MOTOR

  • Potência máxima ampliada em aproximadamente 3,3 cv e performance focada em altos regimes. O melhor desempenho em faixas de rotações mais altas, facilmente perceptível a partir de 10.000 rpm, dá ao piloto uma vantagem nas retas e, quando combinado com um limite de rotações mais alto, facilita o trajeto nas curvas proporcionando tempos de volta mais rápidos.
  • Anteriormente 77,0 x 53,6 mm, diâmetro e curso agora medem 78,0 x 52,2 mm. Graças ao diâmetro mais amplo, podem ser usadas válvulas de admissão e escape maiores, enquanto o curso mais curto se dá ao motor focado em altas rotações.
  • Como na KX450, a KX250 possui atuadores de válvula do tipo finger-follower (“balancim seguidor”) de titânio originalmente projetados por engenheiros da Kawasaki no mundial de Superbike. A atuação da válvula finger-follower permite um limite mais alto de rotação (+500 min-1) e perfis de came mais agressivos – ambos contribuindo para o desempenho em altas rotações.
  • O revestimento DLC (carbono semelhante ao diamante) nas válvulas finger-follwer ajuda a proteger contra o desgaste.
  • Complementando cames mais agressivos, válvula de admissão de diâmetro maior (ø31 mm >> ø32 mm) e válvulas de exaustão (ø25 mm >> ø26,5 mm) com maior deslocamento (IN: 9,3 mm >> 10,3 mm; EX: 8,8 mm >> 9,1 mm) fluem mais ar, contribuindo para o aumento da potência. Já a admissão mais reta contribui para aumentar a eficiência da entrada de ar.
  • O peso do conjunto comando/válvulas foi reduzido.
  • O pistão, que tem o mesmo desenho usado nas motos da equipe de fábrica no Mundial de Motocross, contribui para uma performance mais forte em qualquer faixa de rotações. Também auxilia alcançar uma maior taxa de compressão (13.4:1 >> 14.2:1).
  • Atrito reduzido pela adoção de bronzinas também contribui para o ganho de potência.
  • A caixa de ar foi revisada e agora apresenta um funil de admissão cônico mais curto (120 mm >> 70 mm) o que contribui para o aumento do desempenho em altas rotações.
  • Corpo do acelerador teve seu diâmetro ampliado (ø43 mm >> ø44 mm), o que permite fluir um volume maior de ar, e os injetores foram realocados, contribuindo para o aumento do desempenho em altas rotações. Além disso, injetores foram realocados.
  • Sistema de escape foi revisado: comprimento total foi reduzido em 30 mm e a junta do tubo agora apresenta um cone reverso (ø48,6 mm >> ø45 a ø54 mm).

 

 

 

 

Modo de Controle de Largada

A família KX há muito recorre à tecnologia para oferecer aos motociclistas o melhor desempenho possível. O Modo de Controle de Largada é apenas um dos recursos de fábrica que dá vantagem aos pilotos ao alinhar no gate.

 

  • O sistema de controle de largada é projetado com as mesmas especificações dos utilizados pela equipe oficial da Kawasaki no AMA. Com o simples toque de um botão, os pilotos podem ativar um mapa diferente, projetado para garantir o início eficiente da corrida em condições escorregadias. O mapa do Modo de Controle de Largada retarda o tempo de ignição, permitindo que os pneus obtenham aderência em situações de baixa tração.
  • Seleção de três mapas na ECU, que podem ser reprogramados escolhendo entre os modos standard, hard e soft ou com o uso do kit de calibração (vendido como acessório).

 

 

CHASSI

Construído em alumínio, o chassi da KX250 é super leve e composto por peças forjadas, extrudadas e fundidas em busca do balanceamento ideal de peso e rigidez.

  • Centro de gravidade e as principais dimensões (pivô do braço oscilante, pinhão de saída e localização do eixo traseiro) foram escolhidos para que o pneu traseiro conduzisse a motocicleta para a frente (em vez de fazê-la ir em direção ao solo).
  • Uma mudança na fixação na parte inferior dianteira na montagem do motor (na parte frontal do cárter) contribui para a otimização geral da rigidez da estrutura. O desempenho de absorção da suspensão traseira se beneficia como resultado.
  • Novo garfo dianteiro invertido de ø48 mm de alto desempenho oferece ação aprimorada na parte inicial do curso.
  • O diâmetro maior dos tubos internos permite o uso de pistões de amortecimento também maiores (ø25 mm), proporcionando ação suave e amortecimento firme.
  • A unidade de amortecimento KYB complementa o novo garfo dianteiro.
  • As taxas gerais de mola mais rígidas para o garfo (9,4 N / mm >> 10,0 N / mm) e o amortecedor traseiro (52 N / mm >> 54 N / mm) correspondem ao aumento da potência da KX250.
  • Disco de freio traseiro semi-flutuante aumentado de 240 mm para 250 mm de diâmetro e novo cilindro-mestre dianteiro, para maior precisão inicial, se juntam para elevar a performance de frenagem da KX250 a outro nível.

 

 

 

ERGONOMIA

A estrutura estreita e o corpo minimalista oferecem uma posição de pilotagem esbelta que facilita o controle da KX250. Complementada pelas posições ajustáveis do guidão e da pedaleira com o ERGO-FIT, a posição de pilotagem mais natural faz com que seja mais fácil ir mais rápido.

  • A KX250 oferece quatro posições de ajuste do guidão Renthal: 25 mm à frente, 15 mm à frente, standard e 10 mm atrás.
  • Design do tanque mais baixo e plano proporciona ao motociclista maior liberdade de movimento ao mudar de posição de pilotagem, além de facilitar que ele possa sentar mais à frente.
  • Aletas mais estreitas e próximas do chassi também auxiliam as pernas a se firmarem.
  • As pedaleiras podem ser ajustadas 5 mm mais baixas. Tudo para que o piloto encontre a posição ideal.

 

 

ESTILO

Completando o novo design minimalista da KX250, gráficos ao estilo da equipe de fábrica asseguram que a moto mais equilibrada do paddock reflita seu elevado nível de performance. Acabamento verde nos ajustadores das suspensões e outros componentes, e aros de roda pretos como nas motos da equipe de fábrica, reforçam o visual Kawasaki da KX 250.

 

Newsletter


Assinando nossa newsletter você será sempre o primeiro a saber.

Fale com a Kawasaki

S.A.K - Serviço de Atendimento Kawasaki

Atendemos de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 19h00.
Atendimento Nacional: 0800-773-1210

 

Seja um Concessionário

Entre em contato com nossa Central de Atendimento ao Cliente Kawasaki, estamos a sua disposição...

Saiba Mais

Ibama PIM

No trânsito, o sentido é a vida

Copyright 2019 © Kawasaki Motores do Brasil LTDA. Todos os direitos reservados.