Rea chega à sua nona vitória na temporada, em Lausitzring, e segue líder do Mundial

04_54084_r10_action_full

18 de setembro de 2016 –   O Mundial de SuperBike chega à suas rodadas finais e o título da temporada 2016 segue em aberto. A briga pela liderança entre os dois pilotos da equipe Kawasaki Racing Team se mantém intensa e a 10ª etapa, realizada neste final de semana na Alemanha, rendeu grandes emoções. Com chuva, pista molhada e diversas quedas, o norte-irlandês Jonathan Rea (#1) deu um passo a mais em direção ao título, restando apenas três rodadas para o encerramento do campeonato.

O final de semana de corridas em Lausitzring começou promissor para Tom Sykes (#66). O piloto inglês fez a segunda melhor volta nas sessões classificatórias e garantiu a vice-liderança da primeira corrida. Porém, a vitória ficou com Chaz Davies (#7), da equipe Aruba.it Racing – Ducati. O competidor galês dominou a prova e manteve a primeira posição praticamente de ponta a ponta no circuito alemão de 4.265 metros. Enquanto isso, Jonathan Rea acabou abandonando a corrida na oitava volta, após sofrer uma queda. Sem pontuar, a diferença entre os pilotos da Kawasaki caiu para 26 pontos.

Gostaria de estar um degrau acima no pódio, mas Chaz e aquela moto vermelha [Ducati] estão voando”, publicou Sykes, em seu perfil oficial no Facebook.

Na segunda corrida, o cenário mudou. Desta vez foi Sykes quem acabou escorregando no asfalto de Lausitzring. Com chuva e pista molhada, o piloto teve a infelicidade de cair ainda na volta de abertura, quando estava com os pneus frios. A corrida mudou completamente para o piloto inglês, que partiu para uma prova de recuperação. Do último lugar, Sykes ganhou algumas posições e encerrou a segunda bateria em 12º.

“Sei que posso vencer corridas em pista molhada. É apenas questão de encontrar o equilíbrio correto da moto e o feedback para o piloto. Neste momento não tive essas condições. Estou certo de que podemos encontrá-los. Na corrida tudo é possível e tudo gira em sua cabeça tão rápido. Ontem eu estava 26 pontos da liderança e hoje 47. O positivo é que ao longo das últimas três corridas a diferença caiu de 71 pontos. Ainda temos três rodadas”, avalia Sykes.

Já Jonathan Rea voltou a brilhar. O líder do campeonato obteve sua nona vitória na temporada e segue com 47 pontos de vantagem para seu companheiro de equipe. Rea largou bem e dominou a prova de ponta a ponta. O piloto da Kawasaki recebeu a bandeirada em primeiro e cruzou a linha de chegada nove segundos à frente de Alex De Angelis (#15), da IodaRacing Team.

“Esta parece ser a vitória mais importante da minha carreira. No warm-up, comecei a me sentir bem com a moto novamente depois de termos feito algumas mudanças de set-up. Quando vimos a chuva se aproximando, tivemos que mudar completamente a configuração. Era uma daquelas situações que comigo liderando o campeonato eu tinha muito a perder. Realmente me senti bem com a moto, por isso tenho de agradecer a toda a minha equipe. Eles trabalharam muito para garantir que ela estivesse perfeita”, ressaltou Rea.

Com o resultado em Lausitzring, na Alemanha, Jonathan Rea mantém a liderança do campeonato com 393 pontos. Já Tom Sykes ocupa a segunda posição com 346 pontos. A próxima rodada do Mundial será disputa entre os dias 30 de setembro e 2 de outubro no circuito francês de Nevers Magny-Cours.

 



Newsletter


Assinando nossa newsletter você será sempre o primeiro a saber.

Fale com a Kawasaki

S.A.K - Serviço de Atendimento Kawasaki

Atendemos de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 19h00.
Atendimento Nacional: 0800-773-1210

 

Seja um Concessionário

Entre em contato com nossa Central de Atendimento ao Cliente Kawasaki, estamos a sua disposição...

Saiba Mais

Copyright 2015 © Kawasaki Motores do Brasil LTDA. Todos os direitos reservados.